O Monumento Natural dos Cânions do Subaé, localizado no município de Santo Amaro (Bahia), terá Plano de Manejo realizado pela Funatura. O documento é o principal instrumento de gestão e planejamento de áreas protegidas, ao estabelecer o zoneamento e as normas para uso de recursos naturais em unidades de conservação (UCs).

Em vista de campo ao local, representantes da Funatura, da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) do Governo da Bahia e técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema/BA) fizeram o reconhecimento da área e do entorno da UC, com pontos representativos do bioma Mata Atlântica e comunidades locais.

O Plano de Manejo é elaborado a partir de diagnósticos do meio físico, biológico e socioeconômico, priorizando a inclusão social e ambiental das comunidades locais e de suas atividades sociais, econômicas e culturais, sem prejudicar os objetivos de existência de uma UC.

No Plano, são identificadas áreas de interesse para a conservação ou recuperação das nascentes e da biodiversidade, nos ambientes terrestre e aquático, além da identificação das fitofisionomias existentes e a interação com a região, de forma a proporcionar o cumprimento dos objetivos de preservação.

“A elaboração deste plano de manejo trará o conhecimento e as propostas de  ordenamento  necessárias para que a unidade de conservação cumpra com seus objetivos de criação”, afirmou o engenheiro ambiental Alessandro Neiva, representante da Funatura no grupo de trabalho.

A coordenadora de Gestão dos Fundos Ambientais da Sema, Ivana Pitanga, destacou que o Monumento Natural dos Cânions do Subaé apresenta recursos naturais de grande valor cênico/paisagístico. “O local propicia, inclusive, a prática de ecoturismo e esportes radicais. Mas, observamos, na visita de campo, uma atividade turística ainda totalmente desordenada, trazendo diversos malefícios ao local”, afirmou ela.

O Plano de Manejo dos Cânions do Subaé será executado com recursos de compensação ambiental na modalidade de execução indireta, fazendo parte de um dos Termos de Compromisso para a Compensação Ambiental (TCCA), firmado entre a Sema, Funatura, Inema e Enel Green Power Cristal Eólica. Encontra-se também em fase inicial de execução o TCCA para a elaboração do Plano de Manejo do Parque Estadual Serra dos Montes Altos e do Refúgio de Vida Silvestre Serra dos Montes Altos, totalizando mais de R$ 1,2 milhão em aplicação de recursos.