Para marcar o Dia do Cerrado de forma inesquecível, o Governo do Estado do Goiás criou o Parque Estadual Águas do Paraíso no dia 11 de setembro deste ano. O evento aconteceu aos pés da Catarata do Rio dos Couros, maior atrativo do Parque. A nova unidade de conservação, com cerca de 5 mil hectares, fica na região da Chapada dos Veadeiros e terá gestão compartilhada entre Governo de Goiás e prefeitura local.

O diretor-presidente da Funatura, Braulio Dias, agradeceu e parabenizou o Governo do Estado de Goiás, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Semad-GO) e a Prefeitura de Alto Paraíso de Goiás e todas as organizações envolvidas na iniciativa.

“A Funatura é uma aliada de primeira hora deste esforço e temos muito orgulho do trabalho que realizamos promovendo a conservação das últimas populações do Pato-mergulhão, incluindo os rios protegidos por este novo Parque. Espero que esta importante iniciativa do Estado de Goiás possa inspirar e estimular outros estados a contribuírem para ampliar os esforços de conservação no Brasil, especialmente no Bioma Cerrado”, declarou.

O Cerrado é o segundo maior bioma da América do Sul e, de acordo com Braulio Dias, detém as maiores taxas de desmatamento, queimadas e incêndios do Brasil. “Além disso, é um dos biomas com menor cobertura por Unidades de Conservação em terras públicas”, destacou.

O NOME

O nome do novo Parque Estadual foi escolhido por meio de uma enquete disponibilizada no site e nas redes sociais da Semad-GO. Antigamente, explica o site, havia a cultura, na região da Chapada dos Veadeiros, de se caçar veados, daí o nome Veadeiros. As populações locais utilizavam a água do Rio dos Couros para lavar e tratar a pele dos veados caçados, por isso o nome Rio dos Couros.

“Hoje, os moradores, guardiões da região da Chapada dos Veadeiros, não se relacionam mais assim com o ambiente. No dia em que comemoramos o Dia do Cerrado, criamos este belíssimo Parque, que recebeu o nome de Parque Estadual Águas do Paraíso, resinificando esse lugar sagrado. Águas do Paraíso fortalece o Cerrado como berço das águas do Brasil”, comemorou a secretária da Semad-GO, Andrea Vulcanis.