Entre os dias 23 e 25 de agosto aconteceu na cidade de Ilhéus, Estado da Bahia, o maior evento de conservação em terras privadas da América Latina, o III Congresso Brasileiro de RPPN, que reuniu mais de 500 pessoas. O evento foi marcado por representantes de órgãos governamentais, representantes de 14 associações de proprietários de RPPN das 15 existentes (faltando somente a ARBIAM), diversos representantes de ONGs de todo o Brasil, incluindo a Fundação Pró-Natureza – FUNATURA, além de proprietários de RPPNs, universitários e técnicos em geral envolvidos com o tema.

Logo em sua abertura, a Aliança da Caatinga lançou seu 1º edital, visando o fomento à criação de RPPN nos nove estados de ocorrência do Bioma Caatinga. O Prêmio Muriqui também aproveitou a oportunidade para fazer a sua entrega, sendo contemplado Renato Pêgas Paes da Cunha, Associação dos Proprietários de Reservas Particulares da Bahia e Sergipe (PRESERVA) e in memoriam ao Dr. Roberto Miguel Klein.

Outra importante ação refere-se ao lançamento de um site com um banco de dados de todas as reservas particulares do Brasil, um trabalho da The Nature Conservancy (TNC) e da Confederação Nacional de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN), o www.reservasparticulares.org.br. O banco de dados permite a inserção de informações como: mapa da propriedade, dados cadastrais, caracterização como habitats especiais existentes e espécies de fauna e flora, dados sobre ecoturismo, sustentabilidade da reserva, pesquisa, gestão, educação ambiental e interação social com o entorno, além de fotos. É possível ainda visualizar as reservas cadastradas e georreferenciadas por meio de uma interface com o Google Earth, além dos limites dos biomas, das fisionomias vegetais e das unidades de conservação públicas.

Além da troca de informações, o banco de dados possui como intuito maior à melhoria na gestão das reservas particulares, fornecendo um subsídio maior para os proprietários e redes de RPPNs regionais. A Fundação Pró-Natureza se fez presente no evento. Adolpho Luiz Bezerra Kesselring, coordenador de Educação Ambiental da Funatura e Diretor Técnico da Confederação Nacional das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (CNRPPN), participou de uma Mesa Redonda, intitulada “Planos de Manejo e Pesquisa em RPPN”, que apresentou a experiência da Funatura com a criação e implementação de reservas particulares, tendo como foco o Projeto de Estabelecimento e Implantação de RPPN no Cerrado (BRA/00/G-35), apoiado pelo PNUD e pelo GEF, no entorno dos Parques Nacionais da Chapada dos Veadeiros (GO) e do Grande Sertão Veredas (MG), realizado nos anos de 2001 a 2005.

A Funatura também participou com a apresentação de um painel, “Plano de Manejo: Ferramenta para a Conservação da Biodiversidade e a Prática do Ecoturismo - Caso Flor das Águas”, elaborado em conjunto por Marcela de Albuquerque Souza e Adolpho Kesselring. O artigo aborda o processo de atualização do plano de manejo da RPPN Santuário de Vida Silvestre Flor das Águas, localizada em Pirenópolis/GO, criada pela instituição em 1998.

Veja:

.: Plano de Manejo RPPN - trabalho técnico

.: Plano de Manejo RPPN - Palestra